DOS ENTRAVES BUROCRÁTICOS
Tão logo fora notificada da suspensão judicial do Concurso Público que estava em curso, o Prefeito Municipal de Humaitá junto à Secretária Municipal de Educação buscaram alternativas imediatas para que as escolas da rede pública municipal não tivessem que iniciar o ano letivo de 2020 com um quadro de servidores deficitário.

Durante os meses de novembro e dezembro de 2019, buscaram ajuda junto à Universidade Federal do Amazonas (UFAM) para que fosse realizado um processo seletivo simplificado em caráter de urgência. Dada a urgência de sua realização e algumas peculiaridades do processo, a UFAM não pode atender à Prefeitura Municipal de Humaitá neste pleito.

Diante da negativa da UFAM na segunda quinzena de dezembro, ainda foi feita uma consulta à COPEC, órgão ligado ao CETAM (AM) que está hábil para a realização de processos de seleção deste porte, cuja resposta também foi negativa.

Faltando pouco menos de 50 dias para o início do ano letivo, a Secretária da SEMED solicitou do Prefeito que fosse aberto um Edital de chamada para empresas privadas que pudessem prestar este serviço no prazo de 30 (trinta) dias, visto que, entre a publicação do Edital de chamada no Diário Oficial  dos Municípios do Estado do Amazonas e a assinatura da empresa vencedora neste processo licitatório, seria necessário, pelo menos, uma semana.

Para que todos os aprovados no Processo Seletivo Simplificado da SEMED - Edição 2020 fossem contratados até o início das aulas, em 17 de fevereiro de 2020, constituiu-se uma Comissão Organizadora para já iniciar os primeiros passos do referido processo.
Assessoria de Comunicação da SEMED/PMH.

Todos os direitos reservados à SEMED/PMH. Copyright 2019.